Christians and Spices: A Critical Reflection on Indian Nationalist Discourses in Portuguese India

Christians and Spices: A Critical Reflection on Indian Nationalist Discourses in Portuguese India

Dale Luis Menezes

 

Resumo:

Os discursos nacionalistas indianos na Índia portuguesa têm relação directa com os desenvolvimentos políticos na Índia britânica. Uso termos como ‘Índia britânica’ em vez de ‘Índia’ ou ‘Índia portuguesa’ em vez de ‘Goa’ (e os territórios de Damão e Diu, na costa de Gujarat), de forma a repensar criticamente a escrita da História segundo as perspectivas nacionalista indiana e pós colonial. A realidade pós-colonial da Índia portuguesa sob o Estado-nação indiano depois de 1961 não se encaixa de forma imediata no imaginário da nacionalidade indiana. Também não se encaixa facilmente na perspectiva teórica que emerge de uma leitura do arquivo colonial britânico. Isto deve-se ao facto de os tipos de colonialismo britânico e português diferirem um do outro. Desde o momento em que a perspectiva da Índia britânica se transformou em norma, houve tentativas de encaixar a história da Índia portuguesa no molde britânico. Isto tem sérias repercussões para a compreensão da história do colonialismo português. Também tem repercussões para a compreensão da representação política e das identidades das várias comunidades a viver na Índia portuguesa sob o nacionalismo indiano e sob o Estado-nação indiano.

 

Palavras-chave:

Goa; Nacionalismo Indiano; Império Português; Colonialismo.

 


PDF(635k)PDF


< Práticas da História, nº 3 (2016)