Teoria Política Comparada: uma crítica pós-colonial

Teoria Política Comparada: uma crítica pós-colonial

Sanjay Seth

 

Resumo:

A teoria política tem sido justamente acusada de ser um projeto eurocêntrico, construído em torno de um cânone composto, quase exclusivamente, por textos produzidos no que consideramos
hoje como Europa e baseado em conceitos e categorias que são um produto da história europeia, não sendo, como tal, necessariamente universais. Este ensaio desenvolve essa crítica a partir do ponto de vista da teoria pós-colonial, questionando se a teoria política poderá ser reformulada e “resgatada”, como propõe a Teoria Política Comparada, ou se será um projeto inerente e irremediavelmente eurocêntrico.

 

Palavras-chave:

Teoria Política Comparada, Pós-Colonialismo, História, Eurocentrismo.

 


PDF(612k)PDF


< Práticas da História, nº 5 (2017)