Hayden White’s Return to the Past as a Source of Human Practice

Hayden White’s Return to the Past as a Source of Human Practice

Gabrielle Spiegel

 

Resumo:

Este artigo investiga o uso que Hayden White faz do conceito de passado prático, inspirado por Michael Oakenshott, como forma de argumentar em favor das escolhas individuais – éticas, morais e existenciais – na vida contemporânea e, consequentemente, como forma de escapar ao fardo do passado, um problema que motivou a análise que White fez da prática historiográfica desde o início da sua carreira como historiador. Neste sentido, para White, ao permitir ao individuo escolher o seu passado para que possa escolher o seu presente, o passado
prático tem também o objetivo utópico de moldar não só o presente, mas também o futuro.

 

Palavras-chave:

Passado Prático; Passado Histórico; Fardo da História.

 


PDF(618k)PDF


< Práticas da História, nº 6 (2018)