Post-modern storytelling and fragmented narrations

Post-modern storytelling and fragmented narrations in the history of medicine

Paul-Arthur Tortosa

 

Resumo:

Neste artigo procuro combinar o trabalho de Hayden White em torno da narrativa histórica com perspetivas sociológicas e artísticas, com o objetivo de propor novas possibilidades de narrar a história da medicina. Baseando-me nas propostas de White sobre o conceito de “emplotment” e na “Actor-Network Theory”, procuro pensar sobre novos atores e enredos para a história das epidemias. Partilhando da noção de White de que as narrativas ficcionais e históricas se assemelham, procuro ainda estudar algumas formas de narratividade artística, argumentando em favor de uma narração fragmentada e contraditório que pretende identificar mentiras e não estabelecer uma “Verdade” objetiva e única.

 

Palavras-chave:

Narratividade; narração; emplotment; história da medicina.

 


PDF(592k)PDF


< Práticas da História, nº 6 (2018)