Neoliberalism and the Historians

Ricardo Noronha

 

Resumo:

Este artigo analisa o ‘Neoliberalismo’ a partir de uma perspetiva histórica, enquanto um movimento político transnacional com uma forte inclinação epistémica, apostado em reconfigurar o Estado e construir uma ordem de mercado competitiva. Recorrendo a contributos metodológicos da História Intelectual e da Economia Política, o artigo debruça-se especificamente sobre as reflexões historiográficas levadas a cabo nos primórdios do Neoliberalismo por alguns dos seus mais destacados pensadores. Ao examinar os escritos de vários intelectuais que integraram a Sociedade do Mont Pèlerin – Friedrich Hayek, Karl Popper, T.S. Ashton, Walter Eucken, Ludwig von Mises e Milton Friedman – o artigo avalia o papel da interpretação histórica no discurso Neoliberal, destacando a sua conexão com o pensamento económico.

Palavras-chave:

Neoliberalismo, historiografia, economia política.

Referência para citação:

Ricardo Noronha. “Neoliberalism and the Historians.” Práticas da História, Journal on Theory, Historiography and Uses of the Past, n.º 9 (2019): 95-131.

 


PDF(484)PDF


< Práticas da História, nº 9 (2019)