Âmbito

 

A revista Práticas de História tem como principal objectivo promover a discussão em torno da teoria da História, Historiografia e dos Usos do Passado, publicando textos em português, inglês, espanhol ou francês. É uma revista académica online em que os investigadores podem ler – e submeter a publicação – artigos, ensaios bibliográficos e recensões críticas avaliados em regime de peer review. A revista concede igual relevo à investigação que relaciona a prática historiográfica com o domínio das humanidades e aos trabalhos que debatem a história no quadro das ciências sociais. Sem pretender delimitar rigidamente as suas áreas de interesse, a revista estimula a apresentação de trabalhos que:

. discutam questões metodológicas, estéticas e epistemológicas relativas à prática historiográfica;

. contribuam para a teoria e história da historiografia;

. analisem as relações entre a prática historiográfica e outros usos do passado;

A revista situa-se no domínio disciplinar da História, mas pretende submeter a um questionamento permanente as fronteiras que delimitam esse mesmo domínio – isto é, a revista não promove apenas a interdisciplinaridade e a multidisciplinaridade, como está também disponível para submeter a peer review investigações que extravasem as convenções estabelecidas por toda e qualquer tradição disciplinar. A revista aceita para avaliação trabalhos de investigadores qualquer que seja o seu grau académico ou afiliação institucional.

Os investigadores que dão início a este projecto editorial entendem a prática historiográfica como um modo de analisar o passado e de participar no tempo presente.

 

Frequência de publicação

A revista Práticas da História publica dois números anualmente.

 

Política de acesso livre

No intuito de promover a livre circulação do conhecimento, a Práticas da História funciona em regime de acesso livre (open access). Os autores detêm os direitos sobre os textos, permitindo a sua utilização, partilha e reprodução para fins não comerciais, nos termos da licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International (CC BY-NC 4.0).

Encorajamos ainda todos os autores a procederem ao auto-arquivo dos seus artigos nos repositórios das respectivas instituições