Normas de Submissão

 

1. Conteúdo e dimensões:

A revista Práticas de História aceita trabalhos académicos originais que sejam artigos (6000-10000 palavras), ensaios bibliográficos que incidam em dois trabalhos ou mais (3000-6000 palavras), recensões críticas (1500-2500 palavras), e entrevistas (1500-3000 palavras) no âmbito da teoria da história, da historiografia, da metodologia e dos usos do passado.

2. Selecção de conteúdos:

Todos os artigos, ensaios bibliográficos, entrevistas e recensões críticas propostos para publicação são, em primeiro lugar, avaliados pelo conselho editorial da revista. Os critérios para essa pré-selecção são o seu enquadramento nos objectivos gerais da revista , em especial a relevância e/ ou originalidade nos quadros historiográfico e científico actuais. Os artigos e ensaios bibliográficos seleccionados serão posteriormente submetidos a arbitragem científica.  O conselho editorial reserva-se o direito de publicar textos que não passem pela submissão à arbitragem científica. Nesse caso, o artigo será devidamente assinalado.

3. Arbitragem científica:

Tanto artigos como ensaios bibliográficos serão submetidos a arbitragem científica (peer-review), em regime de duplo anonimato (double-blind). Os artigos serão avaliados por dois árbitros externos, enquanto os ensaios bibliográficos serão avaliados por um árbitro externo.

4. Propostas para números temáticos:

Propostas para números temáticos serão consideradas pelo conselho editorial. Se aprovadas, cada artigo será submetido separadamente ao processo normal de avaliação por pares. O conselho editorial reserva o direito de rejeitar artigos individuais depois de aprovada a proposta para o número temático, se for essa a recomendação da avaliação por pares. Os mesmos critérios aplicam-se a propostas para secções temáticas.

5. Formato e anotações:

Todas as contribuições deverão ser enviadas para praticasdahistoria@gmail.com num único ficheiro Word (.docx). A formatação deverá ser em corpo 12, Times New Roman, a espaço e meio.

As anotações deverão estar em corpo 10, em notas de rodapé, no estilo Chicago (Notes and Bibliography – http://www.chicagomanualofstyle.org/tools_citationguide.html). Todos os quadros, figuras, mapas e outros anexos deverão ser colocados no final do texto, com a indicação de onde deverão ser inseridos (página, parágrafo). Todos os trabalhos deverão ser sempre acompanhados de uma bibliografia final das obras referenciadas no texto, que deverá ser colocada depois dos anexos e organizada alfabeticamente de acordo com as normas do estilo de referenciação atrás indicadas.

Para assegurar o anonimato na arbitragem científica, qualquer informação explícita referente ao autor (como contactos, dados institucionais ou outros) deve ser facultada numa página separada do artigo e não deve aparecer em qualquer lugar do texto. Para o mesmo efeito, as citações ou referências ao próprio trabalho publicado ou realizado anteriormente devem cingir-se ao mínimo.

6. Línguas:

Aceitamos a submissão de textos escritos em Português, Inglês, Espanhol ou Francês.

7. Resumos:

Todos os artigos deverão ser acompanhados de um resumo de 200 palavras em Português ou Inglês, e de quatro palavras-chave. Num ficheiro anexo deverá também ser enviada uma pequena nota biográfica do autor onde deverão figurar afiliações profissionais académicas, áreas de especialização e contactos (50 palavras).

8.  Direitos:

Os autores, individuais ou colectivos, conferem à Práticas da História o exclusivo do direito de publicação sob qualquer forma e receberão da revista uma separata em formato digital. As suas opiniões, tal como a exactidão das suas referências, são da sua inteira responsabilidade.